Por que seu filho precisa de sonecas?

Blog para mamães, gestantes e cuidados do bebê

Cuidar de bebês, a educação infantil, os momentos do parto, as experiências de uma gravidez. Tudo isso gera na família curiosidades, ansiedades e dúvidas. O blog da Mariana Zanotto é feito com muito carinho por que produz conteúdo de alta qualidade, muita informação, para mamães que buscam por apoio. É um blog para mamães de primeira viagem, para as experientes, gestantes, papais, educadores. Toda semana novas postagens com os mais variados temas. Esperamos que nossos artigos sejam úteis. Leia, comente, compartilhe. Aproveite para conhecer também os cursos para mamães e cuidados do bebê, muito interessantes para quem quer se preparar aos desafios da maternidade.

Por que seu filho precisa de sonecas?

Hoje vamos falar sobre o sono diurno: como as sonecas afetam diretamente o sono noturno e porque a última coisa que devemos fazer é pular as sonecas na esperança de noites melhores.

Existe uma coisa chamada pressão de sono. Certamente você já sentiu essa pressão, mas talvez nunca tenha ouvido falar dela. Sabe aquela sensação atrás dos olhos, quando estamos começando a ter sono? É dela mesmo que eu estou falando.

O cérebro, especialmente durante períodos de grande desenvolvimento neurológico, necessita constantemente de momentos para descansar e se recompor. Uma vez que bebês e crianças têm a oportunidade de tirar sonecas e ter noites prolongadas, o sono exerce seu propósito de regular a saúde física, emocional e comportamental do indivíduo.
Bebês e crianças que não fazem boas sonecas tendem a regredir no sono noturno e também no aspecto comportamental. Birras frequentes, crises de choro, hiperatividade e alterações drásticas de humor podem ser um sinal de que o sono necessita de mais atenção.

Então vamos às dicas para introduzir ou estimular sonecas saudáveis ao longo do dia dos pequenos:

  1. Tenha horários fixos para as sonecas. O organismo funciona em ciclos de produção hormonal. Quando não temos horários fixos para o sono diurno, nosso corpo não sabe quando ele precisa produzir hormônios que incentivam o início e a manutenção do sono. Mudanças de 15 a 30 minutos podem afetar, de forma negativa, a habilidade da criança de dormir bem. Por isso, especialmente quando estamos tentando introduzir este hábito, é essencial ter uma rotina de sono previsível.

  2. Escureça o quarto. Aquele velho mito de que criança precisa dormir no claro para saber a diferença entre o dia e noite não tem comprovação, mas é comprovado que quando reduzimos a luz dentro do ambiente de sono aumentamos a produção de melatonina no organismo, assim potencializando as sonecas.

  3. Conheça as necessidades de sono de acordo com a idade do seu pequeno. Existe uma grande diferença entre as necessidades de sono de bebês e crianças. Por isso, saber o que você pode esperar de cada um de acordo com a idade é importante para controlar suas expectativas e exigências. O sono é um processo adquirido, ou seja, para promover bons hábitos precisamos saber como organizar nosso dia para acomodar estes padrões.

  4. Faça do sono diurno uma prioridade. Infelizmente, nossa sociedade é avessa ao sono e à sua importância. Somos mais adeptos a tratamentos medicamentosos do que mudanças simples de hábitos e rotinas. Precisamos mudar nossa percepção sobre isso o quanto antes, pois organizar sonecas vai além de simplesmente ter 2 horas de tempo livre, sem crianças. Torne o sono uma prioridade pelos benefícios para a saúde física e mental de seus pequenos.

Alguns dos muitos benefícios das sonecas incluem aumentar o tempo de atenção, combater a obesidade, fortalecer o sistema imunológico e aumentar a aprendizagem. Tem alguma outra mudança que traga tantas melhorias quanto dar uma dormidinha?

E, como bônus, quem sabe assim você encontra um tempinho pra si mesma (o)? ;)

Deixe seu Comentário

Quer receber noticias e informações?

@